quinta-feira, 13 de julho de 2017

EX PREFEITA NICA EMITE NOTA DE ESCLARECIMENTO AOS FUNCIONÁRIOS PUBLICO DA CIDADE DE RUI BARBOSA

Iniciei o meu mandato em 1º de janeiro de 2009 e um dos meus primeiros atos como gestora recém empossada foi efetuar o pagamento da folha de dezembro de 2008, referente ao último mês do mandato da ex-prefeita Maria Targino, mesmo não tendo saldo em conta deixado por ela. E eu paguei. Fiz principalmente por reconhecimento à amizade do povo que me elegeu, pelos funcionários que trabalharam e também por consideração à ex-prefeita e ao seu filho, que haviam concluído o mandato.


 Agora, na gestão desse atual prefeito, filho da ex-prefeita Maria Targino, que, com tanto sacrifício o elegemos, o mesmo se reuniu no último dia 7 de julho na Câmara Municipal de Ruy Barbosa, com os vereadores e seus cargos comissionados, para tentar justificar o não pagamento de dezembro com a falsa notícia de que não tinha encontrado dinheiro em conta.

 Todos sabem que a folha de pagamento dos funcionários do mês anterior é paga no dia 10 do mês próximo, em Ruy Barbosa, e foi assim que procedi quando recebi o meu mandato das mãos da mãe dele. E, naquela época, a ex-prefeita havia deixado a folha de dezembro integralmente para eu pagar com o recurso do dia 10 de janeiro e eu paguei no dia 13 de janeiro de 2009, como já mencionei. Sem falar que, antes de entregar a prefeitura ao atual prefeito, eu já tinha liquidado a alta folha do Fundeb , deixando ainda saldo em conta, diferente da situação que eu recebi, no início de minha gestão. Mas foi dito isso? Quero informar aos funcionários que esses esclarecimentos são a mais pura expressão da verdade.

 E, em caso de dúvidas, procurem os seus direitos no Ministério Público que esse sim, vai dizer quem realmente está falando a verdade; se sou eu, que paguei a folha de dezembro de 2008, deixada por eles ou o prefeito atual que não pagou dezembro de 2016 tendo dinheiro para efetuar o pagamento. Em anexo, o documento oficial, que prova que não sou irresponsável, e que determina que os recursos referentes ao dia 10 de janeiro de 2017 pertencem ao mês de dezembro de 2016.

 Se o prefeito de Ruy Barbosa não pagou dezembro de 2016 aos funcionários, foi porque não quis. Agora, pergunto: "cadê o dinheiro que estava aqui" que entrou no dia 10 de janeiro de 2017 e que era destinado a pagar o restante da folha de funcionários de 2016?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.